slide
 
 
 
 
Compartilhando conquistas e resultados
MOCAL MOAGEIRA DE MINERIOS CACHOEIRO
|

O que você precisa saber antes da aquisição de um equipamento de moagem

Os equipamentos de moagem, especializados como são, diferem muito entre si. Saiba escolher o que melhor se adequa à sua indústria.

A moagem de materiais requer equipamentos especializados que, como ocorre em qualquer outro setor, diferem muito em qualidade e preço, mesmo tendo funções, a princípio, compatíveis. Para que se faça sempre investimentos inteligentes e bem direcionados, visando o melhor retorno possível de sua verba em termos de produtividade, é importante saber quais fatores levar em conta. 

O primeiro passo é enxergar com clareza o tipo de demanda que sua empresa tem. Questões como granulometria, volume de produção, necessidade de peletização, homogeneização de compostos e outros impactam a percepção de qualidade de seu público, e são diretamente influenciadas pelo equipamento adotado. Assim, é necessário investir em soluções que atendam a estas necessidades, de modo a evitar economias que resultem em perda de qualidade ou despesas com a tecnologia que fornece menos desempenho do que é necessário.

Uma vez entendidas estas questões, é hora de olhar para o equipamento em si, elencando e analisando suas características e funções, além de opiniões de usuários e até o histórico do fabricante. Alguns dos pontos mais relevantes a serem examinados são:
 

  • Produtividade: a capacidade de volume e velocidade de produção dos equipamentos é fundamental;
  • Aspectos do material: características que seu material deve ter, em termos de dimensão, tamanho dos grânulos, dureza entre outros. A capacidade de moer e micronizar dentro destas especificações de forma consistente é fundamental para seu negócio, e deve ser avaliada na hora da compra;
  • Dimensões e aspectos físicos: seu novo moinho precisa ser avaliado em termos de dimensões para se adequar bem a seu espaço físico. Equipamentos maiores nem sempre representam mais produtividade ou força, por isso, vale a pena avaliar modelos que ofereçam o máximo de desempenho com mínimo espaço ocupado;
  • Consumo: seu equipamento deve ser capaz de maximizar sua produção sem extrapolar seus gastos energéticos, por isso este fator é importante para fazer uma escolha economicamente interessante;
  • Durabilidade: um dos principais fatores para garantir o retorno dos investimentos em equipamentos é sua durabilidade, sua capacidade de manter um alto nível de produção sem quebras, falhas e paradas não programadas;
  • Assistência técnica: um bom serviço de assistência e pós-vendas, rápido, preciso e que mantenha a sua operação é um diferencial que deve ser levado em conta. Verifique se a empresa possui equipe especializada, que conhece profundamente o produto e o mercado, de modo a resolver problemas rapidamente e de forma eficaz.
Tecnologia do Google TradutorTradutor